A avaliação da aprendizagem: Uma proposta de avaliação baseada em produtos académicos

Héctor E. Rizo Moreno
 
Español / English
Resumo
 
No marco dos actuais desenvolvimentos mundiais, requer-se que os modelos pedagógicos implementados nas instituições educativas privilegiem o trabalho autónomo dos estudantes sobre o tradicional e único protagonismo do docente. De um modelo essencialmente transmissionista deve passar-se para um onde o professor deve centrar-se na criação de cenários nos quais os alunos possam encontrar e gerar condições para crescerem intelectual, emocional e fisicamente.
As novas tendências pedagógicas são ricas na realização de actividades por parte do aluno, as quais impactam e são impactadas pela concepção que se tenha da avaliação da aprendizagem. No presente trabalho têm-se presentes os elementos anteriormente propostos e sob a premissa de que a avaliação não é o fim da educação nem tão pouco é um fim em si própria, propõe que esta se fixe na produção académica dos alunos.
A proposta que se descreve incorpora a análise dos chamados momentos de avaliação, a importância das avaliações de tipo compreensivo e abordando a relação medição-avaliação-qualificação assinala a necessidade de dar sentido ao significado do número como elemento de certificação dos conhecimentos adquiridos.

Descritores
  avaliação - aprendizagem - universidade - produtos académicos - conhecimento

Texto completo
  Texto completo em HTM
  Texto completo em PDF

 

|Revista Electrónica Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio en Educación - REICE|
|Presentación| . |Consejo Editorial| . |Enviar una aportación|
|Red Iberoamericana de Investigación sobre Cambio y Eficacia Escolar - RINACE|

© RINACE (2004)        e-mail: RINACE@uam.es